binomo banner



crescimento da industria

O crescimento da indústria no Brasil teve saldo positivo e fechou 2021 em alta após dois anos, de acordo com dados da PIM (Pesquisa Industrial Mensal), divulgada nesta quarta-feira (2), pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O resultado positivo chegou a 2,9% em dezembro e 3,9% no ano passado. 

O crescimento é registrado após variação nula, em novembro, o que interrompe o ciclo de cinco meses de retração. Segundo os números, é o primeiro resultado positivo depois de dois anos. 

+ Déficit da balança comercial em janeiro chega a US$ 176 milhões

Crescimento da indústria: o que impulsionou?

De acordo com o gerente da pesquisa, André Macedo, o ano passado foi um período em que o crescimento da indústria teve um bom resultado depois de um período de muita perda. Segundo o pesquisador, é uma das características da atividade de veículos automotores, que em 2020, fechou o ano em -27,9%. 

O que influenciou o resultado da indústria? Entenda 

Outro setor econômico que influenciou no resultado da indústria foi o dos produtos alimentícios. Mesmo obtendo um crescimento de 2,9% em dezembro, ainda teve crescimento menor se comparado ao mês anterior, quando chegou a 7,1%. Ficando 4,1% abaixo do patamar pré-pandemia. 

Quem também teve resultados positivos foi o setor de equipamentos, produtos eletrônicos e ópticos 12%, de metalurgia 3,8% e de indústrias extrativas. Chegaram também a contribuir com a alta da indústria, os produtos de minerais não-metalúrgico 2%, de máquinas e equipamentos 1,3%, de celulose, papel e produtos de papel 1,7% e de couro, artigos para viagem e calçados 4,5%. No entanto, cinco atividades apresentaram queda, com destaque para produtos farmoquímicos e farmacêuticos -6,9%, resultado que eliminou o ganho de 1,8% de novembro.

A indústria alcançou crescimento em três das quatro categorias econômicas e em 18 das 26 atividades, de acordo com os dados da pesquisa, fator que favoreceu os números positivos também no acumulado do ano. Veja lista com os destaques:

  • Veículos automotores, reboques e carrocerias 20,3%
  • Máquinas e equipamentos 24,1%
  • Metalurgia 15,4%

De acordo com o IBGE, a  Pesquisa Industrial Mensal produz indicadores de curto prazo relativos ao comportamento do produto real das indústrias extrativa e de transformação, desde a década de 1970.

* Com informações da Agência Brasil 

+++Acompanhe as principais informações sobre os benefícios sociais no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original