binomo banner


 

Trabalhar com artes plásticas é complicado.

Primeiro, porque algumas técnicas, como a pintura realista ou a fotografia analógica já foram, praticamente, superadas.

Quer dizer, ainda temos artistas que usam essas linguagens, mas seu campo de atuação é restrito, suas obras precisam ter uma proposta muito inovadora.

Segundo, o comércio e monetização da arte é restrito. São poucas pessoas que compram as obras, os editais de fomento são sempre concorridos, galerias são seletivas ou pagam pouco, e mostras individuais não são fáceis ou rentáveis.

Então, o que alguém que se formou em artes plásticas pode fazer, para além de dar aulas? Conheça aqui cinco carreiras para artistas.

 

1.      Curadoria

Curadores de artes plásticas atuam, principalmente, em museus. Mas também em galerias, com produção editorial ou fundações culturais.

Curadores precisam ser pessoas com alta especialização, seja em produção, seja em História da Arte. Eventualmente, curadores fazem parte de uma equipe. Logo, você pode começar como assistente.

Claro que o mercado interno é um pouco restrito. Mas, em todo o mundo, há museus. E, sendo brasileiro, você pode se tornar um especialista na arte de seu país.

Além de, claro, aprimorar a sua própria arte e, ocasionalmente, conseguir seu lugar ao sol.

 

2.      Art buyer

Um art buyer é, especificamente, o nome que se dá ao produtor de artes visuais de uma agência de publicidade, editora, ou demais serviço que envolva a produção de material gráfico ou artístico.

É um profissional que precisa conhecer sobre artes plásticas, produção e editoração, para saber selecionar os melhores profissionais (artistas, fotógrafos e afins).

Eventualmente, uma formação (complementar ou de graduação) em Publicidade fará o profissional se destacar. Além disso, o buyer precisa conhecer tendências, galerias e galeristas, e saber criar briefings adequados.

 

3.      Restaurador

Um restaurador é um artista que, como o próprio nome indica, faz restauros. Uma tarefa extremamente complexa e necessária. É um trabalho que pode ser feito junto a museus ou autonomamente.

É um trabalho que exige conhecimentos de técnicas, formas de produção de obras, técnicas de restauro, entre outras.

Logo, envolve saberes de Artes, História, Química e, a depender da obra, Filosofia. Isso porque, algumas obras trazem questões simbólicas muito próprias, ainda mais, quando é uma obra clássica, cheia de simbologias, hoje, difíceis de se compreender.

O curador pode se especializar em um período específico. Algumas pinturas barrocas, por exemplo, trazem especificidades técnicas devido ao uso de materiais específicos do período de sua produção.

Assim, nesse exemplo, o trabalho do restaurador é fazer a imagem tão perfeita quanto era 300 anos antes, mas usando os recursos atuais, sem alterar a autenticidade dela.

 

4.      Produção de mídias

Artistas são sempre requisitados na produção de mídias, isso é, na TV, Teatro e agências de publicidade. Seja criando cenários, produzindo conteúdos ou vinhetas ou mesmo com maquiagem e caracterização.

Além, claro, de produções de filmes e séries, que empregam milhares de profissionais das artes plásticas.

E mesmo em filmes com animação digital, artistas são necessários nas finalizações e produção final.

Veja Também:

Sucesso na Internet:

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original