binomo banner


 

Cada vez mais frequentes, os tratamentos para cabelos sem químicas atraem pessoas de todas as classes sociais. Dessa forma, muitos cabelereiros têm buscado cursos com alimentos funcionais.

Alimentos funcionais são aqueles que, mais do que alimentar, trazem benefícios estéticos e em saúde, para quem os consome. Os óleos essenciais de algumas plantas, por exemplo, fazem muito mais milagres para a insônia, do que um remédio tarja-preta (em alguns casos).

E isso vale para tratamentos capilares, também.

E você sabe que alimentos e óleos essenciais são esses? Conheça 4 deles aqui, e, depois faça nosso curso, para se especializar ainda mais.

 

1.      Abacate para hidratação

Essa não é tanto uma novidade. O creme de abacate já é utilizado como hidratante de cabelos há bastante tempo.

Isso porque, o fruto é rico em gordura boa. Cabelos secos são aqueles que estão carentes da oleosidade natural da pele.

Alguns casos, claro, demandam de tratamento específico, junto a um dermatologista. Porém, como medida paliativa, usar o abacate pelo menos uma vez ao mês é tiro e queda.

No seu salão, você pode usar o fruto, junto com algum hidrante vegano e aumentar ainda mais o poder do alimento.

 

2.      Camomila com leite para fios mais claros

Pessoas que querem clarear os cabelos podem optar por químicas agressivas, ou por tratamentos naturais – ainda que esses demorem mais.

Mas pense: melhor usar um tratamento que não vai ferir seu couro cabeludo, não é? E esse é: camomila com leite!

Fazendo um chá concentrado, com folhas e talos (que você encontra na feira, por exemplo), você já consegue perceber um aumento na luminosidade dos fios.

Quando se acrescenta o leite, a gordura do alimento ajuda a fixar os óleos essenciais do chá.

Claro que é um tratamento que leva tempo. Mas é 100% natural (e claro, alérgicos à lactose NÃO DEVEM fazê-lo!).

 

3.      Chá preto contra a queda

Homens que buscam retardar a queda de cabelo, muitas vezes, vão atras de operações e remédios. Pode ser uma opção. Mas ela também traz riscos, e as reações adversas dos remédios nem sempre são suaves.

(diminuí a libido!)

Porém, com chá preto é possível fortalecer os folículos capilares. A cafeína contida nesse chá (que, por sua forma de ser produzido, é bem maior que nas variações verdes e brancas) é o ingrediente-chave aqui.

E por que chá preto, e não café? Porque chá preto tem mais cafeína, até, do que café.

Então, faça uma jarra, com uma quantidade de folhas que deixe o líquido bem escuro, aplique nos cabelos e deixe agir durante cerca de uma hora.

Como todo tratamento natural, exige várias aplicações.

 

4.      Lavanda para estimular o comprimento

Uma das plantas mais populares para a produção de perfumes é um cujos óleos essenciais mais trazem benefícios para o crescimento de fios: a lavanda.

Produzindo um chá com folhas e flores, você obtém um poderoso estimulante, que age nos folículos, para o crescimento mais rápido dos fios.

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original