O  novo concurso TCU (Tribunal de Contas da União) segue em planejamento e deve ter seu edital publicado em breve. O processo está em fase de escolha da banca, que deve ser anunciada nas próximas semanas. De acordo com as últimas informações, ao menos quatro bancas já apresentaram propostas. Destas, duas já foram confirmadas: Cebraspe e FGV. A expectativa é dar início ao certame até dezembro.

O concurso contará com uma oferta de 20 vagas iniciais para a carreira de auditor federal de controle externo (AUFC), além de formar cadastro reserva de pessoal para eventuais convocações durante o prazo de validade do concurso.

Para concorrer será necessário possuir formação de nível superior em qualquer área, com inicial de R$ 21.947,82, com jornada de trabalho de 40 horas semanais

Além disso, os servidores do órgão também contam com benefícios, incluindo auxílio pré-escola de R$ 791,58, auxílio alimentação de R$ 1.011,04 e assistência médica de R$ 174,48, além de auxílio-transporte.

A lotação das vagas será em Brasília.

Concurso TCU: Saiba como foi a última seleção

O último concurso TCU para auditores foi realizado em 2015, com uma oferta de 66 vagas, sendo 30 para auditoria de tecnologia da informação em Brasília e as demais para auditoria governamental, para as cidades de Rio Branco (AC), Macapá (AP), Manaus (AM), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Belém (PA) e Boa Vista (RR).

A banca foi o Cespe/UnB, atual Cebraspe, e a prova contou com 200 itens, sendo 100 de conhecimentos gerais e 100 de conhecimentos específicos, além de duas provas discursivas, sendo a primeira com duas questões de conhecimentos gerais e a segunda com uma questão e uma peça técnica de conhecimentos específicos.

Em conhecimentos gerais foram cobrados temas de língua portuguesa, língua inglesa, raciocínio analítico, matemática financeira, noções de estatística, controle externo, direito constitucional, direito administrativo, direito civil, direito processual civil, direito penal, auditoria governamental e análise de informações.

Para auditoria governamental, na parte de conhecimentos específicos, noções de economia do setor público e da regulação, contabilidade I – contabilidade geral, análise das demonstrações contábeis, contabilidade de custos, contabilidade pública, administração financeira e orçamentária e administração pública.

Para a área de tecnologia da informação: gestão, governança de TI e engenharia de software, desenvolvimento de sistemas, infraestrutura de TI, segurança da informação e fiscalização de contrato de tecnologia da informação.

 

concursosconcursos federaisconcursos 2022provas anteriores

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original