auxilio brasil minimalista

Com o lançamento oficial do Auxílio Brasil realizado ontem através do pagamento da primeira parcela, as bancadas do PT da Câmara dos Deputados e do Senado reclamaram sobre o fim do Bolsa Família. Segundo os petistas, cerca de 25 milhões de brasileiros serão excluídos do novo programa social. 

O líder do PT na Câmara, deputado Bohn Gass (RS), declarou que o governo Bolsonaro destruiu a rede de proteção social, que era o Bolsa Família. De acordo com o parlamentar gaúcho, o Auxílio Brasil atende “apenas” 14 milhões de pessoas, enquanto que o antigo programa social contava com quase 40 milhões de beneficiários. 

“Congelamento do salário, inflação altíssima, famílias na miséria, custos altíssimos na comida, gasolina, gás de cozinha, sem perspectiva de crescimento econômico no Brasil e, ainda, a destruição geral em outras áreas, fez o abandono de 24 milhões do Bolsa Família”, reclama Gass.

Apesar das críticas da bancada petista, o deputado General Peterneli (PSL-SP) ressaltou que o Auxílio Brasil irá ampliar o número de beneficiários de 14 para 17 milhões de pessoas. Além disso, ele destaca que o valor médio do programa social irá praticamente dobrar de R$ 217 para R$ 417. Anteriormente, o valor médio do Bolsa Família era de R$ 178. 

Vale ressaltar que o aumento do Auxílio Brasil será disponibilizado somente após uma eventual aprovação da PEC dos Precatórios no Congresso. A estimativa do governo é que a aprovação do texto libera mais de R$ 91 bilhões do orçamento do ano que vem.

O governo justifica que o auxílio tem como objetivo promover a cidadania com garantia de renda, visando à superação das vulnerabilidades sociais das famílias, além de estabelecer medidas de incentivo ao empreendedorismo, ao microcrédito e à autonomia das famílias beneficiárias, por meio da inclusão produtiva rural e urbana, com vistas à empregabilidade e à emancipação cidadã.

*com informações da Agência Câmara

+++Acompanhe as principais informações sobre os benefícios sociais no JC Concursos

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original