O concurso Banco do Brasil se consagra como o maior da história em termos de número de inscritos. A instituição confirmou, nesta quarta-feira, 11 de agosto, o recorde de 1.645.975 candidatos, sendo 1.605.751 para escriturário – agente comercial e 40.224 para escriturário na área de tecnologia da informação. “Os números de candidatos superaram as nossas expectativas. A procura por uma vaga no Banco do Brasil nos deixa orgulhosos por termos cumprido o objetivo de atrair novos talentos, em nível nacional”, disse, em nota ao G1, o  vice-presidente corporativo do BB, Ênio Mathias.

Até então, o concurso público com maior número de inscritos era o da Caixa Econômica Federal (CEF), realizado em 2014, que registrou 1.156.744 inscritos em todo o país, para os cargos de técnico bancário, médico do trabalho e engenheiro.

De acordo com especialistas, alguns dos motivos que justificam a grande procura pelo certame é o aumento do desemprego e o grande tempo de concursos represados em todo o país, em decorrência da contenção de gastos e das dificuldades econômicas ocasionadas pela crise de saúde e a Covid 19.

Agora, cabe à banca organizadora, a Fundação Cesgranrio, promover o que pode ser chamada uma verdadeira “operação de guerra” para conseguir aplicar esta prova, sumultaneamente, em todo o país, na mesma data e horário.

A seleção oferece um total de 4.480 vagas para escriturário em todo o país, considerando os 26 estados e o Distrito Federal.

A estabilidade propiciada pela carreira pública, ainda que colocada em xeque pelo atual governo e a reforma administrativa, ainda é um dos principais atrativos, além de o Banco do Brasil ser uma instituição conceituada, cujos concursos rotineiramente, em épocas menos turbulentas, já registrarem elevadas procuras. 

A remuneração inicial da carreira é de R$ 3.022,37, além de ajuda alimentação/refeição de R$ 831,16 e cesta alimentação no valor de R$ 654,87, totalizando R$ 4.508,40. Além disso, a instituição oferece outros atrativos:

  • participação nos lucros ou resultados;
  • vale-transporte;
  • auxílio-creche;
  • auxílio a filho com deficiência;
  • previdência complementar;
  • possibilidade de ascensão profissional;
  • acesso a programas de educação.

Concurso Banco do Brasil: saiba como serão as provas

As avaliações objetiva e discursiva do concurso Banco do Brasil estão marcadas para 26 de setembro. A primeira cobrará a resolução de 70 questões de múltipla escolha, enquanto a segunda exigirá a elaboração de um texto dissertativo. O conteúdo programático inclui as seguintes disciplinas:

  • língua portuguesa;
  • língua inglesa;
  • matemática;
  • atualidades do mercado financeiro;
  • conhecimentos específicos.

A seleção terá validade de um ano, a contar da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da instituição financeira, conforme estabelece o edital.

+ Resumo do Concurso Banco do Brasil 2021


Banco do Brasil

Vagas: 4480
Taxa de inscrição:
De R$ 38,00
Até R$ 38,00
Cargos: Escriturário II
Áreas de Atuação: Administrativa,
Bancária
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário:
De R$ 3022,00
Até R$ 3022,00

Organizadora: Fundação Cesgranrio
Estados com Vagas: AC,
AL,
AM,
AP,
BA,
CE,
DF,
ES,
GO,
MA,
MG,
MS,
MT,
PA,
PB,
PE,
PI,
PR,
RJ,
RN,
RO,
RR,
RS,
SC,
SE,
SP,
TO

+ Agenda do Concurso

24/06/2021 Abertura das inscrições
Adicionar no Google Agenda
07/08/2021 Encerramento das inscrições
Adicionar no Google Agenda
26/09/2021 Prova
Adicionar no Google Agenda
27/09/2021 Divulgação do Gabarito
Adicionar no Google Agenda

concursosconcursos abertosconcursos federaisprovas anteriores

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original