binomo corretora de opcoes binarias ok


 

Um intercâmbio é uma das melhores formas de se unir o estudo de uma língua, o estudo de uma cultura e até, eventualmente, o estudo de uma matéria.

Mesmo se você for para um país de língua portuguesa: são outros sotaques, outras gírias, outras expressões regionais, além de toda a parte cultural, no sentido mais amplo da palavra “cultura” (culinária, hábitos diários, artes).

Isso porque, no intercâmbio, você não simplesmente “frequenta um curso”, mas convive com pessoas de outros lugares, pessoas da comunidade local, aprende hábitos, conhece coisas que, para guias de turismo tradicional, são “banais”…

Para tanto, há algumas coisas que você pode fazer, para que sua experiência multicultural seja ainda maior. Você sabe que coisas são essas? Confira no nosso artigo!

 

1.     Ajude nas tarefas domésticas

Em um intercâmbio, é quase certo que você se hospedará numa casa de família – sua “guest house” ou ainda “host family”. A família pode ser casal com filhos, casal sem filhos, idosos, viúvos etc.

Uma forma de você conhecer mais da cultura do país e da língua é ajudando a família em tarefas domésticas. Provavelmente, sua host family vai pedir pra você fazer coisas simples –  arrumar o quarto, lavar a louça.

Porém, se você se voluntaria pra fazer coisas “chatas” como lavar a casa, ajudar na lição dos filhos, ou cortar a grama, você conhece mais sobre o dia a dia da família (e, em certa escala, daquela sociedade), conhece produtos, ouve histórias curiosas…

 

2.     Converse com os vizinhos da host Family


Você pode Gostar Também:

Se os membros da guest house tiverem proximidade com os vizinhos, tente fazer amizade com eles. é uma forma de você conhecer outras pessoas, outras visões de mundo, e aprender mais palavras.

Principalmente, se os vizinhos não forem uma host family. Isso porque, host families recebem um “treinamento” de agencias de intercâmbio, a fim de aprenderem a lidar melhor com o estrangeiro, até em termos de vocabulário.

Com pessoas “de fora”, você verá e ouvirá falas mais “naturais”, até sobre a forma como essas pessoas veem o mundo.

 

3.     Evite seus conterrâneos

Em um intercâmbio, você encontrará pessoas do mundo todo. Inclusive – ou principalmente? – brasileiros, tendo em vista que somos um dos países que mais viaja para fora.

É natural, até depois de algum tempo, que você queira conversar com brasileiros, quando encontra-los no estrangeiro. Porém, faça amizades e conviva com pessoas de outro lugares, também.

Além de elas trazerem a cultura delas – em termos de artes, política, hábitos –, você conhecerá outras visões sobre o país onde ambos estão estudando.

 

4.     Use serviços que não sejam “para turistas”

Sua host family talvez procure ajudar você em serviços básicos, indicando locais com uma boa variedade de produtos globais, e equipes preparadas para receber estrangeiros.

Porém, procure conhecer serviços para quem não é “de fora” também. Mercados “de bairro”, restaurantes menores, farmácias populares, lojas de roupas sem marca específica…

Nesses, você ouvirá pessoas da população em geral conversando, conhecerá produtos sem fama mundial…

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

binomo corretora de opcoes binarias ok