binomo corretora de opcoes binarias ok


 

Um dos cargos públicos mais desejados do Brasil é a de auditor fiscal. Normalmente, os recebimentos da categoria ultrapassam os 20 mil reais mensais, considerando todos os benefícios. Só esse fato, por si, já faz esse ser um dos concursos mais concorridos de todos.

Porém, o que faz um auditor fiscal público? Muita gente acha que o trabalho desses profissionais envolve apenas papeis e burocracia. Certo, envolve bastante papeis e burocracia. Mas não é só isso.

Na verdade, poucas pessoas, de fato, entendem como é um trabalho de auditoria, porque ele envolve muitas burocracias, análises de documentos, e interpretação de leis trabalhistas. Porém, vale dizermos, há dois tipos de auditoria: do trabalho e da receita. Ambos, porém, têm atribuições semelhantes.

Mas diferentes em alguns pontos.

O auditor do trabalho costuma focar mais em análises “de campo” por assim dizer. Ou seja, além de verificar e analisar documentos, ele busca por irregularidades em locais de trabalho, sejam elas quais forem, e então, produz relatórios detalhados, e os encaminha para os órgãos reguladores responsáveis.

Falando dessa forma, parece algo simples, mas repetimos: não é. Você sabe como é o trabalho de um auditor? Sabe o que é preciso estudar para o concurso? Confira no nosso artigo!

 

Auditor da receita: Direito e Contabilidade

A área principal de um auditor fiscal da receita será em Direito e Contabilidade. É preciso ter um conhecimento extremamente avançado de Direitos Trabalhistas, legislação, Direito Tributário e contabilidade, pois o trabalho envolve uma análise minuciosa de todos os documentos de uma empresa.


Você pode Gostar Também:

Isso incluí livros-caixa, notas fiscais, receitas, relatórios sazonais. O auditor precisa verificar os relatórios anteriores, e ver se se houve mudanças, quais foram elas e se os devidos tributos foram pagos.

Além disso, é preciso analisar contratos, verificar os registros de trabalhadores, analisar livros de pagamento, analisar informações do holerite, para identificar eventuais incorreções em taxas e pagamentos.

Esse profissional até pode fazer auditorias em ambientes de trabalho, analisando questões como salubridade, condições dos funcionários, contratos, busca por trabalhadores informais ou ilegais, entre outros.

Mas essa atribuição costuma ser mais do auditor fiscal do trabalho.

 

Auditor fiscal do trabalho: Direito trabalhista

Um auditor fiscal do trabalho também tem milhares de atribuições, mas no caso deles, elas são mais voltadas a questões trabalhistas, do que tributárias.

Assim, o profissional precisa analisar ambientes de trabalho, registros de funcionários, livros-ponto, contratos de trabalho, contratos com empresas parceiras e colaboradoras.

Além disso, é preciso ter profundo conhecimento em contratos, em Direito Empresarial e legislação trabalhista, a fim de identificar irregularidades nos documentos.

Um fiscal do trabalho também pode fazer visitas, a fim de apurar denúncias, tais como violação de direitos humanos, violação de direitos da criança e adolescente, acusações de assédio moral e até sexual, dentre outras.

Além disso, esse fiscal deve se atentar à questões como ambiente de trabalho (em termos de salubridade, segurança aos funcionários e clientes, instalações), transporte de mercadorias e produtos, e sistemas de operação e produção final.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

binomo corretora de opcoes binarias ok