binomo corretora de opcoes binarias ok


 

Uma das maiores dificuldades de todas as áreas de trabalho é na produção de um planejamento periódico.

Quando falamos em “planejamento periódico”, estamos pensando em divisões cronológicas de períodos de trabalho. Em escolas, talvez essa noção seja mais clara, cada ano letivo novo é um período de trabalho novo.

Em empresas, essa noção não é tão clara, uma vez que empresas não seguem, necessariamente, o calendário regular (começar em fevereiro, concluir em dezembro). Logo, projetos empresariais podem demorar mais (ou menos) de onze meses.

Entretanto, não podemos pensar que em corporações não exista, também, uma sazonalidade em projetos.

Como fazer um planejamento de trabalho sazonal? Como criar um plano de ação efetivo e concreto?

 

1.      Estabeleça uma data inicial e uma final

O primeiro passo para qualquer plano de trabalho é ter uma data de início do projeto e uma data de conclusão.

Como dissemos, no caso de escolas, isso fica mais evidente. O ano letivo tem uma data inicial e final; além disso, as turmas escolares têm divisões por etapas (1º ano, 2º ano etc.).

Logo, no caso de escolas, datas iniciais e finais são intrínsecas aos planejamentos escolares.

No caso de empresas, essas datas podem vir a ser diferentes da cronologia de calendários. Contudo, projetos podem ser divididos em etapas.

Essas etapas precisam ter datas, inclusive para criar elos, da fase anterior, para a seguinte.

 

2.      Tenha objetivos gerais e específicos em cada fase

Criar um planejamento sem objetivos gerais e específicos não é planejar. Planejar significa ter metas a atingir, e pensar formas de atingi-las.

Esses objetivos devem ser divididos em especificidades e generalidades.

Um objetivo geral deve considerar metas mínimas, a fim de guiar o trabalho básico da equipe. São objetivos que, em geral, podem ser cumpridos por toda a equipe, independente da área.

Já os objetivos específicos são aqueles focados em áreas específicas, exigem uma metodologia e um foco especializado.

Objetivos específicos são aqueles que tornam um planejamento único.

Em escolas, podemos pensar que o objetivo específico é aquele que diferencia o planejamento de um 6º ano, do 7º, por exemplo.

Em empresas, objetivos específicos serão o que vai definir o trabalho de cada setor, durante o período do plano de trabalho em questão.

 

3.      Crie uma metodologia específica

Ao falarmos em “Metodologias específicas”, não se trata de um procedimento por área, mas específico para o planejamento do período.

A metodologia de um planejamento deve considerar o ponto inicial do projeto, a equipe envolvida e os objetivos gerais e específicos.

Não pode ser um método padrão, pois cada planejamento parte de um contexto único. Esse contexto deve ser considerado.

 

4.      Estabeleça formas de avaliação

No caso de uma escola “Avaliação” é mais fácil – mesurar conhecimentos dos alunos.

No caso de uma empresa, a avaliação deve considerar o andamento do projeto, os resultados atingidos na data final.

Essa avaliação não pode soar punitivista, não pode ser idealizada, e nem injusta. A avaliação deve considerar todo o andamento do projeto.

Veja Também:

Sucesso na Internet:

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

binomo corretora de opcoes binarias ok