binomo banner


 

Um dos grandes problemas do mercado de trabalho atual é em relação às expectativas. Algumas pessoas trabalham sob franca frustração. Logo, evidentemente, o trabalho não funciona.

Isso gera uma bola-de-neve, que pode levar a problemas variados, da estagnação do currículo (você não se sente motivado a avançar profissionalmente) à saúde mental.

Logo, como fazer para trabalhar bem, se você não está no seu emprego ideal? Para tanto, é necessário criar um plano de carreira, sistematizar ele e começar a agir.

Mas não apenas, pois, afinal, você ainda precisa lidar com o seu emprego atual, não é? Então, confira essas dicas, e comece a pensar em como chegar no seu cargo dos sonhos.

 

1.      Saiba o que você quer fazer

Parece meio óbvio. Mas é verdade. Às vezes, a pessoa trabalha com algo “só para ganhar dinheiro”, mas isso não é, nem de longe, o que faz bem a ela.

A pergunta que fica é: afinal, quanto tempo você consegue sustentar um “só para ganhar dinheiro” sem prejudicar sua saúde mental?

Então, se você quer ser feliz no trabalho, fugir da “vocação” vai ser quase impossível.

 

2.      Crie seu plano de carreira

Um “plano de carreira” é o nome que damos à sistematização daquilo que precisa ser feito, até você atingir seu cargo ideal.

Não tem jeito: um emprego “personalizado” é algo que se conquista, e conquistar ele depende de algumas coisas:

  • Saber o que você quer;
  • Saber o que precisa para chegar lá;
  • Pensar em formas de atingir esse objetivo.

Um plano de carreira é isso. Se você quer ser professor em uma escola bilíngue, advogado internacionalista ou cirurgião-chefe, não tem outro caminho: você precisa de um plano de carreira, incluindo cursos, estágios e similares.

 

3.      Aceita o que é imutável, lute pelo que pode ser feito

Se você está em um emprego que não te satisfaz, reclamar não mudará muitas coisas. Agora, fazer um “plano de carreira”, isso é um caminho eficaz.

Então, a dica aqui é essa: mude sua forma de pensar, se você não está feliz no emprego atual. Não veja aquele trabalho como seu fim de jornada, mas como o começo.

Essas pequenas utopias serviram para motivar seu crescimento.

4.      Entenda seus limites

Você precisa, também, entender o que é que faz esse emprego atual não ser o seu “emprego dos sonhos”.

Claro que se for um caso óbvio (formado em Direito, trabalha como barbeiro), fica mais fácil. Mas e no caso, digamos, de você estar na sua área? qual é o seu limite de problemas profissionais, ali?

Descubra essa resposta, e você vai entender como enfrentar o que causa insatisfação, nesse estágio da vida profissional.

 

5.      Procure alegrias no seu emprego atual

É muito difícil que um trabalho seja só desgosto. Então, para você conseguir trabalhar melhor, até que sua situação mude (se você quiser mudar ela, claro), a dica é procurar as coisas boas, de seu cotidiano.

É o aprendizado? A rede de contatos? As amizades? Olhe com sinceridade.

Veja Também:

Sucesso na Internet:

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original