binomo banner


A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou o número de inscritos no concurso do TJDFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios), localizado em Brasília. Ao todo, foram recebidas 132.463 inscrições para as 112 vagas, sendo 24 postos de técnico judiciário e 88 de anaista judiciário. A primeira carreira exige nível médio e paga R$ 7.591,36, enquanto a segunda é voltada a quem tem diploma superior (em várias áreas) e é remunerada com salário de R$ 12.455,30, além de benefícios.

Confira abaixo a concorrência por cargo:

concurso tjdft

Os cargos mais concorridos são: técnico judiciário – área administrativa, com 3.468,95 candidatos por vaga; técnico judiciário – enfermagem, com 1.427,75 c/v; e analista judiciário – administração, com 1.171 c/v. O posto de analista judiciário – área judiciária, oportunidade para os formados em Direito, aparece na quarta colocação do ranking de cargo mais procurado: 40.195 inscritos vão disputar 36 vagas, concorrência de 1.116,53 c/v.

Conforme prevê o edital do concurso do TJDFT, está entre as funções do analista judiciário – área judiciária realizar atividades de coordenação, supervisão, assessoramento, execução de tarefas que envolvam processamento de feitos, apoio a julgamentos, análise e pesquisa de legislação, de doutrina e de jurisprudência nos vários ramos do Direito, estudo e pesquisa do Poder Judiciário brasileiro, bem como elaboração de laudos, pareceres, atos e informações jurídicas.

Concurso do TJDFT: benefícios

Além de remuneração inicial atrativa, o certame traz outros benefícios e vantagens:

  • salário que se equipara ao dos servidores públicos da Justiça Federal;
  • possibilidade de teletrabalho, ampliado durante a Pandemia do coronavírus;
  • benefícios atrativos: auxílio-transporte de R$ 156,60; assistência pré-escolar no valor de R$ 719,62; assistência médica; e odontológica de pelo menos R$ 232,00 e auxílio-alimentação que ultrapassa R$ 900,00 (segundo portal da transparência);
  • possibilidade de progressão de carreira;
  • recesso forense, quando os servidores ganham uma “folga” de aproximadamente 20 dias entre o final de dezembro e o começo de janeiro, além de gozar as férias de 30 dias normalmente; e
  • possibilidade de nomear além das vagas: em 2015, ano do último concurso do TJDF, foram convocados quase mil.

+Saiba o que vai cair na prova para analista judiciário do concurso TJDFT

Concurso do TJDFT: provas em 29 de maio

Todos os inscritos realizarão provas objetiva e discursiva, ambas de caráter eliminatório e classificatório, na data provável de 29 de maio de 2022. As avaliações serão aplicadas no Distrito Federal, com duração de 4h para técnico e 5h para analista.

A prova objetiva exigirá a resolução de 60 questões de múltipla escolha. Já o exame escrito consistirá em duas perguntas para cargos de nível superior e uma redação para os de nível médio. O conteúdo programático a ser estudado depende da função escolhida, mas entre as disciplinas cobradas estão:

  • língua portuguesa;
  • língua inglesa;
  • noções de direito administrativo e direito constitucional;
  • ética no serviço público, regimento interno e Lei de Organização Judiciária;
    conhecimentos específicos.

+++ O JC Concursos disponibiliza mais detalhes sobre o processo seletivo, como conteúdo programático e cronograma, na página do concurso do TJDFT.

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesconcursos publicosconcursos df (distrito federal)concursos abertosconcursos 2022

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original