binomo banner



estresse freepik

Os últimos dois anos trouxeram consigo novos hábitos: mais tempo isolado em casa, mudanças na rotina de trabalho, preocupações com um cenário pandêmico, risco de vida, perda de pessoas próximas e instabilidade financeira, além de diversos outros fatores. Isso levou mais pessoas a procurarem alternativas para driblar o estresse ocasionado por esse panorama caótico.

O estresse é a resposta do organismo diante de situações como essas: estímulos externos que representam circunstâncias repentinas ou ameaçadoras. Para lidar com esse ambiente, o corpo produz hormônios como a adrenalina e o cortisol, que têm o efeito de deixar a pessoa em estado de alerta, a preparando para reagir diante da situação de “perigo”. O corpo, como uma forma de dizer “corra” ou “aja”, desencadeia uma série de sintomas como a aceleração dos batimentos cardíacos e da respiração, ocasionando, muitas vezes, uma sensação nada agradável.

O que pode parecer uma circunstância comum da rotina corrida, merece atenção, pois quando não tratado, pode contribuir para o surgimento de adoecimentos psíquicos, o que pode levar, posteriormente, à necessidade de tratamentos mais rigorosos. Felizmente, existem opções naturais para amenizar, ou até mesmo combater esse mal comum.

+++ Alimentos diários dos atletas de alta performance; saiba como usar para melhorar o rendimento

Como saber se o seu estresse merece atenção

Existem situações do dia a dia que favorecem o estado de estresse. Diferente de um incômodo esporádico, que surge vez ou outra, o estresse crônico, aquele persistente, merece atenção. Ele, geralmente, deixa a pessoa mais vulnerável, impactando, inclusive, o sistema imunológico, facilitando o desenvolvimento de doenças, tanto emocionais, como físicas. No surgimento dos seguintes sintomas, é necessária avaliação médica:

  • Cansaço constante e indisposição
  • Formigamento nas mãos ou no rosto
  • Perda de apetite ou compulsão alimentar
  • Alterações no sono
  • Tensão e dores musculares
  • Falta de concentração
  • Dificuldade de memorização
  • Aumento da ansiedade
  • Alterações no humor e irritação constante
  • Preocupação excessiva ou perda de interesse pelas coisas
  • Uso abusivo de álcool, cigarro e outras drogas

A atenção adequada a esses sintomas, alinhada a um acompanhamento profissional, ajudam no diagnóstico precoce e aumentam a chances de combater os sintomas do estresse, bem como de evitar que se progrida para outros transtornos mais severos. O estresse não tratado pode desenvolver, ainda:

  • Depressão
  • Insônia
  • Problemas do coração
  • Prisão de ventre
  • Doenças de pele (como acne, vitiligo e psoríase)
  • Doenças neurológicas

Confira 5 opções naturais para combater o estresse no dia a dia

As situações de estresse persistente, ou crônico, requerem acompanhamento médico, muitas vezes associado à especialidade clínica da psiquiatria. Mas, nas situações mais cotidianas, é possível adotar na rotina a utilização de opções naturais para amenizar os sintomas. Entre as mais utilizadas estão:

  • Erva de São-João ou Hipericão: ajuda a restaurar o sistema nervoso além de funcionar como anti-depressivo, auxiliando no tratamento da depressão, ansiedade e agitação
  • Camomila: popularmente conhecido por suas propriedades calmantes do sistema digestivo e nervoso, ajuda a amenizar situações de agitação e nervosismo
  • Erva cidreira: também funciona como calmante, além de poder ser utilizada em situações de insônia, nervosismo e ansiedade
  • Alfazema: rica em óleos essenciais e cumarina, que têm propriedades relaxantes, trabalhando contra a tensão nervosa
  • Tília: contém propriedades calmantes e auxilia no tratamento de distúrbios do sistema nervoso como o estresse excessivo e ansiedade

Existem as opções de calmantes fitoterápicos, mas que também requerem orientação médica ou do fitoterapeuta pois, nem todas as substâncias funcionam bem em todos os organismos, sendo necessária a avaliação específica para cada caso. É importante agregar à rotina outras atividades que auxiliam na diminuição do estresse, além de manter o organismo saudável, como:

  • Ter boas noites de sono
  • Adotar uma alimentação saudável e balanceada
  • Realizar atividades físicas regularmente
  • Introduzir momentos de lazer e descanso na rotina
  • Evitar o consumo de substâncias que podem facilitar o estresse no sistema nervoso como: café, tabaco, excesso de açúcar e de bebidas alcoólicas e outras drogas
  • Praticar yoga e meditação, sempre que possível, também são aliadas no equilíbrio da rotina.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Saúde no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaques

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original