binomo corretora de opcoes binarias ok



prever covid agencia brasil

Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Química de São Carlos (IQSC), da Universidade de São Paulo, descobriu um método que possibilita prever gravidade da Covid-19 em pessoas infectadas pelo coronavírus. O método segue uma análise do plasma sanguíneo e identifica uma variação na concentração de seis substâncias presentes no sangue: os metabólitos glicerol, formato, glucuronato, lactato, acetato e 3-aminoisobutirato. O estudo foi divulgado em 8 de junho pela revista científica Journal of Proteome Research.

A identificação da gravidade funciona a partir da análise da variação dessas substâncias. Quanto maior o desequilíbrio dessas células no sangue, mais graves eram os quadros da doença desenvolvidos pelos pacientes. O potencial desse sistema de avaliação pode ser usado como ferramenta pelos postos de triagem da Covid-19 evitando, logo nos estágios iniciais da contaminação.

+++ MPF recomenda que hospital de SC faça aborto em menina vítima de estupro

Como prever a gravidade da Covid-19?

A pesquisa foi iniciada em 2020, contando com a participação de 110 pacientes no estudo, que apresentavam sintomas gripais. Desse total, 53 possuíam a Covid e 57 não estavam com a doença causada pelo coronavírus. Dos total de pacientes, os pesquisadores notaram que dez precisaram de internação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e dois deles chegaram a óbito.

Do grupo que apresentou sintomas mais graves, os pesquisadores reconheceram que haviam alterações significativas nos metabólitos, substâncias presentes no plasma sanguíneo e correlacionaram com a doença, constatando a possibilidade de prever a gravidade da Covid-19.

Essa descoberta pode auxiliar no controle da doença, a partir da identificação logo no estágio inicial da doença e da prevenção dos casos que poderão evoluir, voltando uma atenção mais adequada para esses pacientes, a fim de evitar, inclusive, que venha a óbito. A pesquisa pretende continuar se desenvolvendo para aprimorar os dados, a fim de incluir questões sobre gênero e faixa etária nas análises.

*Estagiária sob supervisão da jornalista Mylena Lira

+++ Acompanhe as principais informações sobre Saúde no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaques

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

binomo corretora de opcoes binarias ok