binomo banner



produtores rurais agencia br

Cerca de R$ 990 milhões serão disponibilizados ao longo dos próximos meses para auxiliar financeiramente produtores no momento da aquisição do Programa de Seguro Rural (PSR). A medida foi divulgada nesta terça-feira (17) pelo governo federal através da Resolução do Comitê Gestor Interministerial do Seguro Rural nº 93, que aprova a destinação do orçamento do regime de subvenção ao seguro rural para taxa 2022.

As seguradoras pagaram aos produtores cerca de 5,8 bilhões de reais em indenizações nos primeiros três meses de 2022, principalmente devido à perda das safras de soja e milho de verão na região centro-sul. A liberação do recurso deve apoiar a assinatura de cerca de 140 mil apólices de seguro rural em todo o país. A novidade é que, de acordo com o PSR, as áreas de seguros serão georreferenciadas a partir de 2022, com o objetivo de melhorar as informações de mapas e monitoramento por satélite para cruzar informações com outras bases de dados.

Do orçamento total previsto, 500 milhões de reais serão destinados às culturas de inverno (segunda safra de milho, trigo e outros cereais de inverno), 324 milhões de reais para cereais de verão e 72 milhões de reais para frutas, 12 milhões de reais para pecuária, 2 milhões de reais para florestas e 80 milhões de reais para outras culturas.

Do orçamento destinado aos grãos de verão, parte dos recursos (R$ 60 milhões) será destinada aos contratos firmados nas regiões Norte e Nordeste. Este destaque orçamentário, que acontece desde 2019, visa incentivar a cobertura de seguros nessas regiões ainda incipientes e estimular a demanda de produtores que, ao contrário do restante do país, ainda não estão acostumados a contratar o seguro rural.

+++Você sabe qual é o estado que mais recebe Auxílio Brasil? Confira ranking

Veja como contratar o seguro rural

Os produtores interessados ​​em participar devem procurar um corretor ou instituição financeira que venda apólices de seguro rural. Atualmente, 16 seguradoras estão habilitadas a operar no PSR. O seguro rural está disponível para produtores, pessoas físicas ou jurídicas que cultivem ou produzam espécies contempladas por este programa, com ou sem crédito rural.

Desde o início do ano, o percentual de bonificação do prêmio está fixado em 40% para todas as culturas/atividades, com exceção da soja, onde o percentual permanece fixado em 20%. Esta regra se aplica a qualquer tipo de produto e cobertura de acordo com as regras do PSR, que podem ser obtidas através do site.

Para se inscrever no seguro rural e tentar conseguir os subsídios do governo, os produtores devem seguir os passos abaixo:

  • Formalizar a proposta de seguro agrícola em uma das seguradoras habilitadas pelo programa. Normalmente, os documentos exigidos pelas seguradoras são carteiras de identidade, CPF e comprovante de residência;
  • Em seguida, a seguradora envia a proposta ao Ministério da Agricultura;
  • As propostas serão avaliadas com base em critérios como limite financeiro disponível para o produtor e para a cultura, além da regularidade no Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (Cadin);
  • Se a proposta for aprovada, a Secretaria da Agricultura pagará um percentual do prêmio (correspondente ao governo) diretamente à seguradora

Para mais informações sobre o seguro rural, baixe o aplicativo na loja do Android ou IOS.

Estagiário sob supervisão do jornalista Jean Albuquerque

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original