binomo banner



imposto de renda pj

A declaração do IRPF já começou e segue até o dia 29 de abril. Os cidadãos e empresas precisam ficar atentos para não perder o prazo, o não pagamento pode acarretar em diversos problemas e implicações. No entanto, no caso do Imposto de Renda PJ, o procedimento segue um prazo diferente. Conheça 5 consequências de não pagar o IRPJ e ficar devendo para a Receita Federal

Com a crise financeira que bateu à porta de muitas empresas, deixando empresários com dificuldades econômicas, parece tentadora a decisão de não pagar o Imposto. Muitos cidadãos têm o IRPF retido na folha na hora do pagamento, já no caso das empresas essa regra é totalmente diferente. 

+ IRPF 2022: saiba quais doenças garantem a isenção do imposto de renda

Imposto de Renda PJ: 5 consequência de ficar devendo a Receita 

No caso das empresas, o IRPJ trata-se de um tributo federal cobrado pelo Fisco e assim como as pessoas físicas, quem é pessoa jurídica também precisa enviar as declarações dentro de um prazo determinado pelo Governo Federal. 

O modelo é diferente do habitual e existem quatro modelos, são eles: anual, trimestral, mensal e por evento. No caso do anual, tem a data fixa de 31 de dezembro. A modalidade trimestral segue as datas: 31 de março, 31 de junho, 30 de setembro e 31 de dezembro. Confira as 5 consequências:

  • Multa;
  • Juros de Mora;
  • Bloqueio de Bens e responsabilização do Fisco;
  • Dificuldade em conseguir empréstimos;
  • Dificuldade de parceria com clientes e fornecedores.

A multa constitui como a primeira consequência de conhecimento dos empresários, que podem variar de 0,33% até 20%. O juros de mora, corresponde à taxa Selic + 1%. Para os empresários que estão com dívidas com a Receita, eles podem ter os seus bens de pessoa física bloqueados. 

Uma outra penalidade é ter dificuldade para conseguir empréstimo, a instituição financeira ao checar os dados do CNPJ perceberá que a empresa tem dívidas e assim negará a concessão do dinheiro.  No caso da dificuldade de parceria com clientes fornecedores, muitos clientes e fornecedores têm como princípio fazer negócios com empresas que tenham os impostos e a contabilidade em dia. 

Saiba como declarar o IRPJ ‍

  • Acessar o site da Receita Federal;
  • Fazer o download do programa Gerador da Declaração na versão mais atualizada;
  • Instalar o programa em seu computador e faça o login utilizando os seus dados cadastrados;
  • Preencher as informações solicitadas com todos os detalhes dos gastos da sua empresa e o lucro obtido durante o período de apuração;
  • Transmitir a declaração utilizando o programa Receitanet, também pelo site da Receita Federal.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original