binomo banner


 

Quem vai empreender em um negócio de hospedagem, seja hotel, pousada albergue/hostel ou casa de temporada, precisa se atentar a algumas coisas que podem dar destaque (positivo ou negativo) ao lugar.

As chamadas “facilidades” e serviços são, em alguns casos, aquilo que vai fazer o hóspede em potencial buscar por um ou outro local.

Claro que fatores como a cidade da hospedagem, a temporada e o público-alvo dessa auxiliam a sobrevivência de um negócio de hotelaria.

Por exemplo, um hotel executivo nos arredores do aeroporto de São Paulo tem grande chance de sucesso, se ofertar um ambiente higienizado, café-da-manhã americano (bacon, ovos, café), toalhas limpas e Wi-Fi gratuito.

Aqui estão listadas as facilidades básicas, para um serviço de hospedagem.

E que serviços são esses, afinal?

 

1.      Café-da-manhã

O mais básico numa hospedagem o café-da-manhã. Tanto que em países como Reino Unido existe o conceito do “Bed and Breakfast”. Ou seja, um hotel simples, mas com café-da-manhã incluso.

O cardápio desse café pode ser variado ou básico.

Mas quanto mais farto serviço, mas bem classificado ele é, em sites de hospedagem e turismo. Isso porque o café-da-manhã é a primeira refeição do dia – e eventualmente, a refeição mais consistente em horas.

 

2.      Wi-Fi eficiente

Estamos em um mundo interligado; assim, mesmo em um hotel de proposta “selvagem” (um chalé na floresta amazônica, por exemplo), os hóspedes pediram internet.

E isso não é um problema, na verdade. Hóspedes “conectados”, muito provavelmente, irão divulgar seu negócio nas redes sociais, por meio de fotos e publicações em redes sociais.

Ter esse feedback imediato é significativo, pois dessa forma, você consegue remediar problemas, antes que eles surjam ou comecem a ser significativos.

 

3.      Parcerias com empresas de turismo

Cidades turísticas grandes, como Paris ou Manaus sempre têm demanda por agências de turismo especializado. A primeira, por ser em uma cidade tradicional; a segunda, por ser a “porta da Amazônia”.

Diante dessa demanda, existem muitas agências, mas algumas oferecem passeios com serviços ruins – restaurantes caros, meios de transporte defeituosos, entre outros.

Assim, se você tem parcerias com agências de sua confiança, isso soma ao seu negócio, e protege o hóspede das “armadilhas pra turistas”.

 

4.      Serviços de lavanderia

Essa facilidade é um diferencial, especialmente, em hotéis de perfil “executivo”, ou seja, voltados para pessoas que estão em viagem de trabalho.

O hóspede precisa ter suas roupas lavadas e passadas com rapidez e eficiência, e precisa ser um local de fácil acesso para ele.

 

5.      Cozinha comunitária

Outro conceito que vem sendo valorizado, cada vez mais, é o da cozinha comunitária, principalmente no caso de cidades com turismo local.

Fazer a própria comida trazer uma economia significativa, para o hóspede. Além disso, esse não se arrisca em restaurantes que não conhece.

 

6.      Cashback e fidelização

Programas de cashback e fidelização são cada vez mais populares em hotelaria.

Fidelizar o cliente já uma ideia antiga. já cashback é, basicamente, um programa que estorna parte do valor, por meio de condições específicas.

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original