binomo corretora de opcoes binarias ok


true agency JwP90y9wgr4 unsplash

Quem quer trabalhar com cultura, entretimento e turismo, ou quer galgar um posto de gestão em uma grande rede de hotéis e cruzeiros, um caminho para essa carreira, é através do cargo de concierge.

A palavra, um pouco difícil de pronunciar, vem do francês, e significa literalmente “porteiro”. Porém, um concierge de um grande hotel é muito mais do que um “porteiro”.

Tanto que, em grandes redes internacionais, dificilmente você conseguirá esse cargo, sem uma graduação em turismo. Em compensação, a remuneração e benefícios desse cargo costumam ser atrativas.

Ainda mais, quando pensamos nas “gorjetas” dos hóspedes.

Logo o que é o cargo? Saiba mais, no nosso artigo:

 

Um “secretário” do hóspede

Um concierge, mais do que um simples porteiro, é o como se fosse um secretário particular do hóspede. Esses funcionários são responsáveis por recepcionar os hóspedes, e auxiliar eles, em suas estadias.

Eles podem atuar como um “agente de viagens” ou simplesmente como um orientador. Além disso, precisam ser extremamente cordiais, amigáveis, pacientes e bem-humorados.

Dentre suas funções, destacamos: passar informações turísticas relevantes, agendar passeios e visitas a atrações, indicar restaurantes e serviços, contatar empresas de transporte e motoristas, dentre outros.

Porém, algumas vezes, o serviço de um concierge inclui atividades de secretariado executivo, principalmente em hotéis com um nicho de business.

Redes que alugam seus espaços para reuniões, ou que recebem comissões e grupos de executivos, precisam de concierges que saiba organizar um evento, contatar serviços de alimentação, agendamento e relacionados.

Pois, essencialmente, o trabalho de um concierge de hotéis executivos é otimizar o tempo dos seus clientes, com excelência.

Logo, concierges precisam saber identificar as empresas de serviços adequadas. Eles eventualmente vão fazer escolhas pelo hóspede.

 

Orientações culturais e comunicação

Concierges têm uma função muito importante, quando os hóspedes são de países muito diferentes: eles precisam prestar um auxílio, digamos, cultural.

Por exemplo, um hóspede da Arábia Saudita em visita ao Brasil precisará do concierge. São culturas diferentes, não só pela língua e alimentação; também, em termos de comportamentos, hábitos, interesses de lazer…

Logo, concierges precisam ter conhecimentos de idiomas, mas também em estudos culturais, em algum nível.

Mais do que isso, o concierge deve ser um profissional altamente especializado em informações turísticas e culturais de seu país. Sua função é orientar o hóspede a evitar as ditas “armadilhas para turista”, indicando a melhor forma de aquele aproveitar sua estadia.

Ao mesmo tempo, ele deve zelar pela privacidade e confidencialidade de seu hóspede. Um bom exemplo é no caso de celebridades que queiram evitar contatos com paparazzi, mas ainda assim, intendam conhecer atrações culturais, ir a festas, dar jantares etc.

 

Como se tornar um concierge?

Se você se interessou pela profissão, o primeiro passo é se formar em turismo. Sua carreira pode, inclusive, culminar na de gerente dos concierges de uma rede.

Eventualmente, você consegue ter uma escalada profissional sem essa. Mas para assumir um cargo de gerência em hotéis, seja um turismólogo.

Também tenha conhecimentos de línguas, administração e gestão.

The post O que faz um concierge? appeared first on Blog Pensar Cursos.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

binomo corretora de opcoes binarias ok