binomo corretora de opcoes binarias ok


 

Quando pensamos na história bélica brasileira, nosso país tem pouca “expertise”. A tendência da diplomacia brasileira é buscar neutralidade e conciliação. Porém, há uma guerra em nossa História em que o país lutou ativamente: a Guerra do Paraguai.

Acontecimento polêmico, de causas obtusas, o conflito foi cercado de violências simbólicas das mais variadas naturezas, e foi um episódio contundente para a história política do Paraguai.

Mas afinal, quais foram os motivos da Guerra? Como ela começou? Para saber mais, leia nosso artigo!

 

Precedentes: o controle do rio da Prata

Desde o início do século 19, a América Latina se via em constante tensão, devido às disputas entre países, independentes ou não, pelo controle de fronteiras. A Guarra do Paraguai foi o ápice de um desses conflitos. Dos muitos precedentes que levaram ao início da guerra, o principal talvez seja o controle da bacia do rio da Prata.

Tendo planos de expansão econômica, o ditador paraguaio Francisco Solano Lopez (1827-1870) promoveu uma campanha militar em terras uruguaias, tendo como pretexto, a guerra entre o Brasil (aliado do Partido colorado uruguaio) e o Partindo Blanco uruguaio (1864-1865).

Lopez, aliado aos blancos, usou a guerra como motivo para atacar o Brasil, visando aumentar o território paraguaio.

Tudo começou quando o ditador promoveu uma investida contra regiões brasileiras no atual Mato Grosso. Lopez ainda tentou uma aliança com a Argentina, mas o país era pró-Colorados também; então o Paraguai atacou aquele país.

 

A Tríplice Aliança


Você pode Gostar Também:

Em resposta aos ataques de Lopez, Brasil, Argentina e Uruguai formaram uma força militar (a Tríplice Aliança), e começaram a atacar o país vizinho.

A partir de 65, os três países travaram diversas batalhas, que se tornaram marcantes para a História dos quatro países.

A primeira grande investida foi a Batalha Naval do Riachuelo, no afluente de mesmo nome. A humilde força naval paraguaia foi totalmente arrasada pelos brasileiros.

Em 66 houve a Batalha de Curupaiti, em território paraguaio, e nessa, a Aliança sofreu uma de suas mais significativas derrotas.

Em 68 aconteceu a famosa Batalha de Avaí, quando as tropas brasileiras, uruguaios e argentinas tiveram um avanço significativo, pelo território paraguaio.

O fim da guerra pode ser antevisto pela Batalha de Campo Grande, em 69, quando as tropas da Aliança, quando o enfraquecido exército paraguaio sofreu suas maiores baixas.

 

Fim da Guerra

O fim da Guerra aconteceu com a Batalha de Cerro Corá, em 1870, quando um totalmente desmoralizado e enfraquecido Solano Lopez tentava fugir e reorganizar tropas paraguaias.

Os pouco mais de 400 soldados de Lopez, sem equipamentos ou alimentos, ofereceram pouca resistência aos mais de 2000 soldados brasileiros, mas o ditador ainda tentou atacar, sendo morto pelo militar José Francisco Lacerda (que também atendia pelo faustoso nome de Chico Diabo).

 

Fatos da Guerra

  • A Guerra foi uma das primeiras campanhas com a presença massiva de mulheres;
  • Milhares de soldados escravizados foram alistados sob a promessa de “liberdade” – ocasionando uma morte massiva de pessoas afrodescendentes argentinas e uruguaias.
Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

binomo corretora de opcoes binarias ok