Comprado com o Power Point ou Word, o Excel é um dos programas do Pacote Office menos populares. Isso é, é um programa que, para quem não sabe direito o que fazer, é um simples “fazedor de tabelas” ou “programa de planilhas”.

Para fins de exemplo, quem não lembra de, na escola, criar uma apresentação de Power Point dinâmica, com slides com música, animações e letras diferenciadas, não é verdade?

A verdade, entretanto, é que o Excel tem funcionalidades muito específicas. Porém, saber usá-las pode fazer toda a diferença no gerenciamento e administração de uma empresa, sabia?

Isso porque o programa faz bem mais do que “tabelas” ou planilhas. Confira:

 

Mais do que tabelas: um organizador de dados

O Excel faz tabelas e planilhas. Certo. Porém, o que é uma tabela? O que é uma planilha?

Planilhas e tabelas são representações gráficas de informações, que podem ser pontuais ou cronológicas, de forma que acompanhar as mudanças de dados, é essencial para quem precisa controlar esses dados.

Assim, a primeira função do Excel é fazer um relatório visual de certas informações. Entretanto, isso é o básico.

A verdade é que esse programa traz muitas outras funcionalidades, tais como interpretação de fórmulas financeiras, análise de progressão geométrica e aritmética, cálculos dos mais variados tipos, obtenção de valores médios, entre outras.

Ou seja, o Excel é uma ferramenta que serve para dinamizar o trabalho de logística e contabilidade de uma empresa – basicamente.

 

Organizando estoques, livros-ponto, e demais registros

O Excel, como falamos, também organiza a vida de uma empresa. Isso significa que, com ele, você consegue criar análises de dados como itens de um estoque ou dias úteis em um livro de registros.

Por meio do preenchimento das células de uma planilha, é possível você controlar entrada e saída de produtos, prever crises de abastecimento ou superprodução, criar previsões de alta ou baixa, e similares.

Já na parte de gestão de pessoas, o principal uso do Excel é no que diz respeito à organização da jornada funcional de um funcionário.

O gerenciamento de bancos de horas, por exemplo, fica muito mais rápido, com uma fórmula do Programa. Para isso, basta saber preencher os dados, e usar as fórmulas que o programa oferece.

 

Fórmulas avançadas

Agora um terreno muito mais complexo de se avançar é o das fórmulas avançadas. Nenhum estatístico que se preze pode carregar esse título, sem saber como usar elas, no Excel.

A primeira delas é a famosa fórmula SE, que serve para indicar condições verdadeiras ou falsas, em um teste – isso é, é uma fórmula que interpreta a veracidade de dados apresentados.

Outra função que o Excel faz, mas pouca gente sabe, envolvem produção e análise de textos. Com fórmulas específicas, é possível excluir palavras, estruturar parágrafos, entre outros.

Por isso e que o Excel é tão exigido em empresas: é um administrador de dados, digital.

Aprenda tudo sobre o Excel aqui!

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original