binomo banner



entrevista maos negocio shutterstock

De acordo com o último levantamento do Ministério do Trabalho e Previdência, o Brasil tem um saldo de 700 mil empregos formais em 2022. Grande parte deles foram gerados por pequenos negócios, conforme indicam os dados Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). 

Ao todo, as micro e pequenas empresas (MPE) contratou, de janeiro a abril, 585,56 mil pessoas, o que representa 76% do saldo total de empregos do Brasil. As MPE abriram 470,52 mil vagas a mais que as médias e grandes empresas nos quatro primeiros meses de 2022.

Somente em abril, os negócios de menor porte foram responsáveis pela abertura de 84% dos trabalhos, com 166,8 mil de um total de 196,9 mil postos de empregos criados no mês passado. 

+Teto no ICMS: conta de luz pode ficar até 12% mais barata, aponta Aneel 

Apenas os pequenos negócios registraram saldo positivo na geração de novos empregos em todos os setores da economia. 

Assim como mostrou os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) com o PIB (Produto Interno Bruto), que cresceu 1% no 1º trimestre, o setor de serviços foi o que gerou mais empregos. Ele promoveu 93,4 mil vagas das MPE, de um total de 117 mil postos. 

O segundo setor que liderou a criação de postos de trabalho em setembro foi o comércio, com 28,42 mil vagas em micro e pequenas empresas, de um total de 29,26 mil. Em terceiro lugar, vem a indústria, com 25,26 mil empregos gerados, contra um total de 26,37 mil.

+Tempo recorde: Fiocruz produz insumos de testes para diagnóstico da varíola dos macacos 

O Sebrae explica que os resultados são reflexos da reabertura da economia, que após a vacinação contra a covid-19, impulsionou a recuperação. 

*com informações da Agência Brasil e Sebrae

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original