binomo banner


 

Herdar o negócio do seu pai/mãe pode ser uma ótima oportunidade de trabalho, para a vida toda. Você está com um presente nas mãos: uma empresa, que tem certa estabilidade, já tem seu histórico e seu público-alvo e uma cultura e equipe formadas.

Por outro lado, simplesmente receber o negócio, não é garantia. Herdeiros são assim, recebem a empresa dos pais, cabendo a eles tomar uma decisão.

A maioria deles, assume a decisão mais cômoda: continuar. Começar algo do zero não é simples, e provavelmente não trará lucros imediatos.

Entretanto, apenas gestores de verdade sabem como administrar empresas já conhecidas – e até como fazer elas crescerem. Empresas como a Votorantim, a JBS e o Grupo Pão de Açúcar são exemplos.

Qual é a fórmula para um herdeiro se tornar um gestor?

 

1.      Não seja apenas “o filho do dono”

O grande problema de herdar uma empresa é lidar com funcionários. Gestores encarados como “filho do dono” enfrentam problemas, principalmente, por não conhecerem a realidade da empresa.

Um gestor pode até ter herdado a empresa, porém, ele é acima de tudo, alguém que conhece a realidade dos negócios. Ele sabe como é a cultura da empresa, os ramos de negócios, os nichos de mercado…

E isso não se aprende sendo “filho do dono”. É, principalmente, com o trabalho diário e cotidiano. Ou seja, indo para aquele lugar onde, comumente, chamamos de “chão da fábrica”.

Ou seja…

 

2.      Antes de ser o chefe, seja um funcionário

Se você ainda é jovem, e seus pais estão à frente do negócio, e se você tem interesse em continuar com ele, não entre na empresa, direto, como chefe.

Comece como funcionário. Vá construindo sua carreira. Isso incluí trabalhar sob as ordens de outras pessoas, e em cargos menos “luxuosos”, do que “gerente” ou “executivo sênior”.

Essa ascensão, inclusive, vai servir para dar credibilidade, diante dos demais gestores e eventuais investidores. Você não é apenas “o herdeiro”.

Você será alguém que viu como fazer a empresa crescer e funcionar, alguém que conhecerá o sonho realizado de seus pais, igual a própria mão.

 

3.      Seja profissional

Muitos herdeiros não são profissionais. Cometem erros como abuso de autoridade, tomam decisões arbitrárias, desconsideram tudo o que seus pais fizeram…

Ledo engano.

Seja, acima de tudo, um profissional, alguém que lida com o negócio de forma séria, comprometida e direta. Você é o gestor, ok, agora, você ser o líder… Isso é algo que precisa ser conquistado.

Como? Com uma atitude comprometida e focada. Com objetivos claros, dentro daquela empresa.

 

4.      Seja honesto consigo

O grande erro de alguns herdeiros é a falta de honestidade, com eles próprios. Por quê? Porque eles simplesmente odeiam a empresa, mas insistem que precisam continuar os negócios da família.

Não é verdade. Se você não quer assumir esse papel, abra o capital para sócios e investidores, ou venda ela.

Não adiante nada, você receber uma empresa de herança, e não querer administrar ela adequadamente.

Veja Também:

Sucesso na Internet:

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original