binomo banner



auxilio brasil minimalista

Agora em novembro, o governo federal iniciou o pagamento do Auxílio Brasil para os beneficiários em vulnerabilidade social. De acordo com o Ministério da Cidadania, cerca de 14,5 milhões de pessoas receberam o programa social. Em diversos casos, quando uma pessoa perde o emprego, ela entra em uma situação financeira extremamente delicada, mesmo com uma renda mais baixa, será que o desempregado tem direito ao Auxílio Brasil? Vamos te responder essa pergunta.

Sendo o mais direto possível, uma pessoa desempregada não tem direito ao Auxílio Brasil por estar nessa situação. Para recebê-lo, o indivíduo deve estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e cumprir no mínimo mais dois requisitos, que vamos explicar posteriormente. 

O CadÚnico é a principal exigência para receber o Auxílio Brasil. Assim, se você está desempregado e quer receber o novo benefício social, deve ir ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). O CRAS é responsável em eleger as pessoas para receber ou não um programa social. 

Além do CadÚnico, o futuro beneficiário deve estar em situação extrema de pobreza, grupo de pessoas que têm até R$ 100 per capita. Outra condição para pessoas em situação de pobreza, com renda per capita entre R$ 101 e R$ 200, é residir com um menor de 21 anos ou gestante. 

O Ministério da Cidadania indica que novos beneficiários devem entrar no Auxílio Brasil durante todos os meses. Mas para acontecer isso é preciso entrar em contato com a Prefeitura da sua cidade o quanto antes.

Além disso, o governo promete acabar com a fila do Auxílio Brasil para as pessoas que estão em extrema vulnerabilidade social. 

+++Acompanhe as principais informações sobre os benefícios sociais no JC Concursos

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original