O concurso ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) está oficialmente autorizado. Como antecipado pelo JC Concursos no último domingo, dia 5 de setembro, a publicação da portaria autorizativa foi divulgada no diário oficial da União desta segunda-feira, dia 6.  O documento, assinado pelo secretário especial de desburocratização, gestão e governo digital do Ministério da Economia, Caio Mário Paes de Andrade, prevê o preenchimento de 171 vagas, sendo 110 para quem possui ensino médio e 60 para nível superior. De acordo com o documento, o prazo de publicação do edital de abertura de inscrições será de seis meses, ou seja, até  6 de março de 2022.

No caso de ensino médio, a seleção será para 110 vagas de técnico ambiental, com remuneração inicial de R$ 2.680,94, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

Para nível superior, a oferta será de 61 vagas para a carreira de analista ambiental, com iniciais de R$ 5.178,84 para analistas, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458. 

A seleção já havia sido anunciada recentemente pelo vice-presidente Hamilton Mourão, que antecipou uma oferta de 740 vagas conjuntas, considerando ICMBio e Ibama.

Concurso ICMBio: veja publicação oficial

PORTARIA SEDGG/ME Nº 10.644, DE 2 DE SEETEMBRO DE 2021

O SECRETÁRIO ESPECIAL DE DESBUROCRATIZAÇÃO, GESTÃO E GOVERNO DIGITAL DO MINISTÉRIO DA ECONOMIA, tendo em vista o disposto no Decreto nº 9.739, de 28 de março de 2019, e, no uso de suas atribuições, considerando a delegação de competência prevista no inciso VI do art. 27 da Portaria ME nº 406, de 8 de dezembro de 2020, resolve:

Art. 1º Autorizar a realização de concurso público para o provimento de 171 (cento e setenta e um) cargos do quadro de pessoal do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio, conforme detalhado no Anexo.

Art. 2º O provimento dos cargos a que se refere o art. 1º dependerá de prévia autorização do Ministério da Economia, e está condicionado:

I – à existência de vagas na data de publicação do edital de abertura de inscrições para o concurso público;

II – à autorização em anexo próprio da Lei Orçamentária Anual, nos termos do § 1º do art. 169 da Constituição Federal, e à observação das restrições impostas pela Lei de Diretrizes Orçamentárias; e

III – à declaração do ordenador de despesa responsável, quando do provimento dos cargos, sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.

Art. 3º A responsabilidade pela realização do concurso será do Presidente do ICMBio, a quem caberá editar as respectivas normas, mediante a publicação de editais, portarias ou outros atos administrativos necessários, de acordo com as disposições do Decreto nº 9.739, de 28 de março de 2019.

Art. 4º O prazo para a publicação do edital de abertura do concurso público será de seis meses, contado a partir da publicação desta Portaria.

Art. 5º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

CAIO MÁRIO PAES DE ANDRADE

ANEXO

Cargo Escolaridade Vagas

Analisa Ambiental Nível Superior 61

Técnico Ambiental Nível Intermediário 110

Total 171

Concurso ICMBio: saiba como foi a última seleção

O último concurso ICMBio ocorreu em 2014, quando foram oferecidas 271 oportunidades, sendo 16 reservadas aos portadores de deficiências, nas carreiras de técnico e analista. A banca foi o Cespe/UnB, atual Cebraspe.

Para concorrer aos cargos de analista administrativo (20) e analista ambiental (30), o candidato deveria possuir nível superior em qualquer área de formação. Para ambos, a remuneração foi de R$ 6.478,30, com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Já para técnico administrativo (168) e técnico ambiental (53) foi exigido nível médio. Para jornadas de trabalho de 40 horas semanais, a remuneração foi de R$ 2.887,34.

 

 

concursosconcursos federaisconcursos 2022provas anteriores

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original