binomo banner



mascara covid 19

Após o Rio de Janeiro liberar os cidadãos do uso da máscara contra Covid-19 em espaços abertos e fechados, o Estado de São Paulo flexibilizou a exigência do item de proteção. A partir desta quarta-feira, 9 de março de 2022, não é mais obrigatório andar pelas ruas ou permanecer em áreas abertas com a máscara facial. A medida tem abrangência em todo o território paulista e vale para todo ambiente aberto.

O acessório é item indispensável no cotidiado das pessoas há mais de dois anos, quando começou a Pandemia do coronavírus. Mais de 6 milhões de pessoas perderam suas vidas em todo o mundo por conta da propagação da doença Covid-19. Desse total, morreram 653.134 só no Brasil. Porém, segundo o Governo de SP, houve redução de 76,7% nas novas internações e 56% dos óbitos por Covid-19 no último mês no Estado.

A iniciativa de tornar o uso da máscara opcional foi baseada em análises de especialistas que compõem o Comitê Científico do Coronavírus de São Paulo. Além da melhora nos indicadores da pandemia, São Paulo tem a maior cobertura vacinal do país, com mais de 101 milhões de doses aplicadas. O estado está próximo da meta de 90% da população elegível vacinada, conforme recomendação da OMS (Organização Mundial de Saúde).

“A decisão de hoje se deve fundamentalmente ao avanço da vacinação. São Paulo é o estado que mais vacina no Brasil. A decisão está respaldada na ciência, na saúde e no respeito pela vida”, afirmou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). O decreto que permite a flexibilização foi publicado hoje, em edição extra do Diário Oficial do Estado.

Os paulistas podem optar por continuar utilizando o item de proteção, mas moradores e turistas estão desobrigados de usar máscara contra Covid-19 em qualquer espaço aberto, entre eles:

  • vias públicas;
  • parques;
  • ambientes escolares abertos;
  • shows e eventos ao ar livre.

O uso continua obrigatório no transporte público e em todos os ambientes fechados de acesso público, como salas de aula, comércios e escritórios.

LEIA TAMBÉM:
+Liberação de R$ 100 milhões em créditos para empresas em SP? Saiba quem pode receber
+São Paulo libera 100% de ocupação em estádios de futebol e eventos culturais

Rio de Janeiro não exige mais uso de máscara

O item de proteção contra Covid-19 não era exigido no Rio de Janeiro em locais abertos desde outubro de 2021, mas a população ainda se divide, com boa parte mantendo o hábito nas ruas. Porém, desde ontem (8), moradores e turistas em visita à cidade maravilhosa podem circular em locais abertos e também nos fechados sem estar com a máscara no rosto. A decisão foi anunciada pelo prefeito Eduardo Paes (PSD) em sua rede social:

A liberação vale para a entrada e a permanência em estabelecimentos públicos e privados. Conforme decreto divulgado pelo chefe do executivo municipal, fica desobrigado o uso até mesmo dentro de transportes públicos. As melhoras sucessivas no cenário epidemiológico da doença no RJ permitem o fim da obrigatoriedade, segundo o governo local.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil



Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original