binomo banner


 

Uma das opções mais comuns, para quem quer estudar fora do país (principalmente, estudar línguas), mas sem a necessidade de investir tanto, é trabalhando de au pair.

Do francês, significa “à par”, e o trabalho é basicamente o de uma babá de crianças, que podem variar de alguns meses, até o início da adolescência. Diga-se de passagem, o trabalho (por puro machismo) é muito mais associado à mulheres.

As regras e tarefas podem variar um pouco de país para país, mas basicamente, a au pair fará coisas como servir refeições, levar e buscar da escola e demais locais aonde as crianças forem, e ajudar com tarefas e higiene. Às vezes o trabalho pode incluir lavanderia.

Aí, surge a pergunta: será que vale à pena? O salário compensa? Você aprende a língua e a cultura do país de fato?

Confira algumas coisas as pensar, antes:

 

1.      Ser au pair não é “simplesmente ir”

Para ser uma au pair, o melhor caminho é procurar uma agência de intercâmbio que ofereça esse programa. E mais, não basta oferecer: precisa dar suporte para a candidata.

Para isso, o melhor a fazer é procurar uma agência reconhecida no mercado.

Talvez, o custo e as exigências sejam um pouco maiores, porém, você evita famílias abusivas.

Além disso, uma agência séria vai exigir experiência com crianças – porque, vamos ser francos, lidar com os filhos dos outros não é pra qualquer um.

 

2.      Uma viagem de trabalho

Outra coisa sobre intercâmbios como au pair é: você não está indo para fazer turismo.

Na maior parte dos países, o regime será de 5 ou 6 dias de trabalho, com 1 de descanso. Esse será o dia que você vai ter para conhecer o país. O resto do tempo será de jornadas diárias de 5 a 6 horas de trabalho, e até 45 horas semanais (a depender do país).

E quanto à sair de noite, algumas famílias autorizam; outras, não.

Então, não vá pensando em “turistar”. Você não terá tanto tempo pra isso.

 

3.      Você não vai ficar rica

O salário de uma au pair será em moeda estrangeira. Mas, não será um valor alto. Além disso, se você quiser “turistar”, uma boa parte dele será em ingressos.

Então, não pense o trabalho de au pair pela parte financeira.

 

4.      Conhecendo o dia a dia

A grande vantagem de trabalhar como au pair é que, nesse tipo de intercâmbio, você conhece o mundo “real”. Quando você estuda uma língua, o conteúdo é gramatical.

Como au pair, você ouvirá a “língua do povo”. Expressões populares, sotaques, xingamentos, piadas.

Além disso, você conhecerá coisas do cotidiano de uma família, provavelmente, de classe média. Ou seja, vai conhecer sobre a política, a cultura e a formação da identidade daquele país.

E não apenas, você também vai ver partes da cidade e do país que apenas “quem é de lá” visita. Será uma verdadeira aula de cultura de uma nação.

Veja Também:

Sucesso na Internet:

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original