binomo corretora de opcoes binarias ok


 

Quando lidamos com a vida profissional, é muito comum que tenhamos dúvidas, medos, anseios e demais situações nas quais nada parece favorecer o crescimento. Isso é comum.

A diferença entre um profissional de sucesso e um que ainda está galgando seu espaço é a forma como ambos lidam com essas questões.

A autossabotagem consiste, justamente, em você não ter esse olhar treinado. E então, o que acontece? Você começa a duvidar de si – e aí está o perigo.

Então, veja quais são as 5 formas de autossabotagem mais comuns e como evitar elas.

 

1.      Viver à sombra dos outros

É normal que tenhamos líderes a nos inspirarmos. Heróis profissionais e pessoais, sejam eles seres de ficção (Homem-Aranha, Harry Potter) ou da realidade (Bill Gates, Gandhi).

O que não é saudável é compararmos nossa vida a de outra pessoa. Só você sabe o que foi preciso enfrentar para chegar aonde está. Só você sabe sobre seus caminhos profissionais, parcerias e mentorias.

Então, esqueça outras pessoas. Elas podem te ajudar a entender percalços de sua vida. Mas no fim, vencer desafios consiste em uma autoanalise que só servirá para você.

 

2.      O excesso de perfeccionismo

Em relação ao último tópico, chegamos nesse, que é o perfeccionismo. Claro que dar o seu melhor é importante. Mas entenda, você tem limitações.

Warren Buffet é um bilionário de sucesso – porém, ele também cometeu (e comete!!!) erros.

O perfeccionismo é válido, se ele não estiver te atrapalhando, na hora de você ponderar suas falhas e acertos. Chega um momento aonde o projeto está no seu auge, mesmo que esse não seja o que foi planejado.

O perfeccionismo vai te impedir de ver isso. Não caia nessa armadilha!

 

3.      Vivendo com pressa

A pressa é inimiga da perfeição, diz o ditado. E é, acima de tudo, um autossabotador poderoso. Porque o mundo em que vivemos coloca resultados rápidos e imediatos como um objetivo.

Mas nem sempre é possível termos algo aqui e agora. Há processos que exigem um trabalho demorado, minucioso e dispendioso.

Um resultado impecável, mas demorado, é melhor do que um imediato e medíocre.

 

4.      Você ignora pequenos sucessos

Pequenos sucessos existem em todos os projetos. Não ignore eles. Por vezes, tendemos a só querer que o fim seja aquilo que prevíamos no começo.

E nem sempre é assim. Há percalços que mudam toda uma situação de trabalho, tendendo à falha completa. Vencer esses é um sucesso.

Se você não os considera, a chance de se frustrar e desmotivar na etapa seguinte é enorme. E aí mora o verdadeiro fracasso – desistir de tentar.

 

5.      Sempre inovar?

Inovar não é fácil. Logo, se você exigir isso de si mesmo, a chances de se frustrar e decepcionar são enormes. Há momentos onde novas ideias simplesmente não existem.

E está tudo bem. Tem horas em que o melhor é seguir a cartilha. Até para dar espaço para novidades.

Veja Também:

Sucesso na Internet:

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

binomo corretora de opcoes binarias ok